• Notícias
  • Vereadores de Miracema criticam deputado Evangelista e escutam APAE e ACIAM
Vereadores de Miracema criticam deputado Evangelista e escutam APAE e ACIAM
Publicado em: 01/09/2017 ás 12:57:00 Autor: Mira Jornal Fonte: Mira Jornal

Postagem de Evangelista revolta vereadores; Associações reclamam audiência com prefeito.

Foram realizadas duas sessões regadas à homenagem pelo aniversário da cidade com inauguração de obras, reclamações sobre agenda do prefeito e questionamentos contra o deputado miracemense que teria postado acusações e ofensas contra a Casa de Leis na internet. Participaram da Tribuna Livre a diretora da APAE de Miracema, Marlena Alcântara e o presidente da ACIAM, Pedro quixabeira.

O presidente da Câmara Municipal de Miracema do Tocantins, como de costume, abriu a sessão às 19h desta segunda-feira, 28, com o Plenário lotado, quando as comitivas da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e ACIM (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária) foram acompanhar os debates.

Existia uma expectativa na cidade sobre a reação dos vereadores a respeito de áudio e vídeo que circularam nas redes sociais, após a Câmara rejeitar as contas do ex-prefeito Júnior Evangelista, na gestão de 2011.

O vereador Adilson do Corretinho/PV, falou de sua alegria pelas comemorações do 69ª aniversário de Miracema, com a festa dos Evangélicos, passeio ciclístico, a vinda do governador e deputados e os eventos MotoCross, fuscacross e vaquejada, mas lamentou a revolta do deputado Júnior Evangelista/PSC, pela reprovação de suas contas, “ele postou na internet áudio e vídeo reclamando da Câmara e nós seguimos a recomendação do Tribunal que analisou e reprovou as contas dele’, retrucou.

O vereador Natan Fontes/PMDB lembrou que Evangelista teve todas as oportunidades e prazos de defesa na Câmara, que mandou intermediários tentar convencer os vereadores a aprovar as contas que o Tribunal de Contas não aprovou. “Quem pediu pra rejeitar foi o povo. Se até o tio dele irmão de Raimundo Boi (Manoel Pires dos Santos) que é presidente do TCE foi isento e deixou os Conselheiros decidirem, porque é que nós vereadores temos que enganar o povo e aprovar o que está errado?”, indagou e aconselhou: “Que ele repense sua fala, quando disse que Moisés teria recomendado a rejeição. Moisés ficou neutro e deixou por nossa conta, por conta da moralidade na política miracemense”. Por fim, Natan lembrou que a Casa vai ainda julgar as contas dele de 2012, como também as da gestão da Magda Borba/PSD e se o Tribunal recomendar a aprovação ou a rejeição vai acatar, “Tem município que já esta julgando contas de 2016 e nós temos que cumprir nosso papel”.

“O deputado foi infeliz nas suas palavras”, avaliou o vereador Pedro da Farmácia/PRP, ressaltando que a Casa não votou politicamente e sim tecnicamente, lembrando que os mais conceituados técnicos contábeis e advogados do TCE analisam a contas e as excelências de Conselheiros fornecem parecer digno para aprovação ou rejeição. “Fiquei triste quando ele falou do Moisés, pois o prefeito sequer sugeriu pra votar em lado A ou lado B”, acentuou.

O médico/vereador Dr. Ricardo/PSD solidarizou-se com os companheiros, “O deputado foi infeliz”, avaliou as postagens nas redes sociais feita por Evangelista e assegurou que foi cumpridor de seu papel como parlamentar do município, ‘Não estamos aqui para julgar ninguém politicamente. “O que estava ruim ficou péssimo deputado”, ironizou.

O vereador nascido no Lajeadinho e criado no setor Baixa Preta, parabenizou os colegas por terem respeitado a recomendação do TCE, “Eu honrei meu voto como honro os 396 votos que tive dos miracemenses e honro nossa Miracema”, disse afirmando que é vereador de oposição eleito pelo PSD, “mas faço uma oposição com coerência”, observou lembrando que todos os vereadores tiveram liberdade para votar de acordo com a consciência de cada um e atirou: “Se seu próprio tio (Manoel Pires) não pôde te aliviar, por que os vereadores tem que te aliviar, deputado ?”.

O vereador ruralista Irmão Didan/PSB, também reafirmou que tratou-se de votos técnicos e condenou o deputado pela reação contra a instituição Câmara Municipal. O vice-presidente da Casa ainda parabenizou o prefeito Moisés pela obras inauguradas no aniversário da cidade e o cumprimento de seus compromissos com a zona rural do município.

O vereador Nasci da Ótica/PSD, que também representa a zona rural, não fez comentário sobre as gravações do ex-prefeito, o qual votou pela aprovação da contas de 2011. Parabenizou a cidade pelos 69 anos e questionou o suposto sumiço de um projeto de lei que repassava cerca de R$ 37,5 mil para a FAT (Federação de Automobilismo do Tocantins) realizar os eventos MotoCross, fuscacross, gaiolacross e vaquejada.

Em sua fala, o vereador Cirilo Douglas/PRP, informou que o deputado Júnior Evangelista endereçou emenda parlamentar de R$ 175 mil para a FAT realizar esses eventos.

O secretário da mesa diretora, vereador Branquinho do Araras/PT, se reservou em homenagear a cidade pelo aniversário, com a participação da comitiva do Governo do Estado e falou sobre a sessão solene realizada dia 23 último quando a APAE contou suas história ao comemorar a "Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2017".

TRIBUNA LIVRE

APAE - Na primeira sessão da noite, a fundadora e diretora da APAE de Miracema, Marlena Alcântara, fez uma explanação sobre o histórico e as ações da instituição, solicitou que os vereadores e a população visitem mais a APAE e procurem colabora de alguma forma, justificando que os convênios não suprem as necessidades e por fim lamentou não poder ainda ter tido audiência com o prefeito Moisés Costa, “Nesses mais de 20 anos, nunca me senti tão humilhada em não ser recebida por um prefeito”, lamentou.

ACIAM – Por sua vez, já na Tribuna Livre da segunda sessão, o presidente da ACIAM, Pedro Quixabeira, diz-se solidário com a Marlena, “Porque eu também não consegui ainda uma audiência com ele” e amenizou, “então sei agora que não é por minha causa”. Quixabeira distribuiu pasta documental, demonstrando ações e intervenções da instituição e explicou a polêmica gerada pelo sorteio da ACIAM. No final ficou decidido pela direção da instituição que, aprovado o recurso de R$ 10 mil solicitados ao Executivo, a ACIAM resgata os R$ 3 mil devidos da premiação e doa os E$ 7 mil restantes para a APAE.

PROPOSITURAS

Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei do Executivo Municipal nº 030/2017 que prorroga o prazo do Programa de Recuperação Fiscal do Município (REFIS).

Já o PL º 031, que cria cargos de psicólogo, pedagogo, assistente social, orientador social e cuidador social no PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) no quadro geral do Executivo. Foi remetido às Comissões afins, atendendo questionamento do vereador Dr. Ricardo, apoiado pelo vereador Cirilo Douglas. Na oportunidade Natan Fontes defendeu que a urgência se devia á pagamentos dos funcionários que já atuavam nas funções.

Também foram aprovados os requerimentos:
Nº 282 – Adilson do Correntinho – Requer ampliação dos banheiros, instalação de novas portas e barras de acessibilidade da Casa do Idoso.
Nº 283 – Dr. Ricardo – Requer a construção do Heliporto (Para pouso de helicópteros) próximo ao Hospital.
Nº 284 – Núbio Gomes – Requer ajuda de custo de R$ 8 mil para tratamento de saúde de um munícipe.
Nº 285 – Pedro da Farmácia – Requer um Balanço da Praia Mirassol e do Miracaxi.
Nº 285 – Branquinho do Araras – Requer a preservação do Ipês da Avenida Salvador Nolêto.

Postagem de Evangelista revolta vereadores; Associações reclamam audiência com prefeito.

Foram realizadas duas sessões regadas à homenagem pelo aniversário da cidade com inauguração de obras, reclamações sobre agenda do prefeito e questionamentos contra o deputado miracemense que teria postado acusações e ofensas contra a Casa de Leis na internet. Participaram da Tribuna Livre a diretora da APAE de Miracema, Marlena Alcântara e o presidente da ACIAM, Pedro quixabeira.

O presidente da Câmara Municipal de Miracema do Tocantins, como de costume, abriu a sessão às 19h desta segunda-feira, 28, com o Plenário lotado, quando as comitivas da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e ACIM (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária) foram acompanhar os debates.

Existia uma expectativa na cidade sobre a reação dos vereadores a respeito de áudio e vídeo que circularam nas redes sociais, após a Câmara rejeitar as contas do ex-prefeito Júnior Evangelista, na gestão de 2011.

O vereador Adilson do Corretinho/PV, falou de sua alegria pelas comemorações do 69ª aniversário de Miracema, com a festa dos Evangélicos, passeio ciclístico, a vinda do governador e deputados e os eventos MotoCross, fuscacross e vaquejada, mas lamentou a revolta do deputado Júnior Evangelista/PSC, pela reprovação de suas contas, “ele postou na internet áudio e vídeo reclamando da Câmara e nós seguimos a recomendação do Tribunal que analisou e reprovou as contas dele’, retrucou.

O vereador Natan Fontes/PMDB lembrou que Evangelista teve todas as oportunidades e prazos de defesa na Câmara, que mandou intermediários tentar convencer os vereadores a aprovar as contas que o Tribunal de Contas não aprovou. “Quem pediu pra rejeitar foi o povo. Se até o tio dele irmão de Raimundo Boi (Manoel Pires dos Santos) que é presidente do TCE foi isento e deixou os Conselheiros decidirem, porque é que nós vereadores temos que enganar o povo e aprovar o que está errado?”, indagou e aconselhou: “Que ele repense sua fala, quando disse que Moisés teria recomendado a rejeição. Moisés ficou neutro e deixou por nossa conta, por conta da moralidade na política miracemense”. Por fim, Natan lembrou que a Casa vai ainda julgar as contas dele de 2012, como também as da gestão da Magda Borba/PSD e se o Tribunal recomendar a aprovação ou a rejeição vai acatar, “Tem município que já esta julgando contas de 2016 e nós temos que cumprir nosso papel”.

“O deputado foi infeliz nas suas palavras”, avaliou o vereador Pedro da Farmácia/PRP, ressaltando que a Casa não votou politicamente e sim tecnicamente, lembrando que os mais conceituados técnicos contábeis e advogados do TCE analisam a contas e as excelências de Conselheiros fornecem parecer digno para aprovação ou rejeição. “Fiquei triste quando ele falou do Moisés, pois o prefeito sequer sugeriu pra votar em lado A ou lado B”, acentuou.

O médico/vereador Dr. Ricardo/PSD solidarizou-se com os companheiros, “O deputado foi infeliz”, avaliou as postagens nas redes sociais feita por Evangelista e assegurou que foi cumpridor de seu papel como parlamentar do município, ‘Não estamos aqui para julgar ninguém politicamente. “O que estava ruim ficou péssimo deputado”, ironizou.

O vereador nascido no Lajeadinho e criado no setor Baixa Preta, parabenizou os colegas por terem respeitado a recomendação do TCE, “Eu honrei meu voto como honro os 396 votos que tive dos miracemenses e honro nossa Miracema”, disse afirmando que é vereador de oposição eleito pelo PSD, “mas faço uma oposição com coerência”, observou lembrando que todos os vereadores tiveram liberdade para votar de acordo com a consciência de cada um e atirou: “Se seu próprio tio (Manoel Pires) não pôde te aliviar, por que os vereadores tem que te aliviar, deputado ?”.

O vereador ruralista Irmão Didan/PSB, também reafirmou que tratou-se de votos técnicos e condenou o deputado pela reação contra a instituição Câmara Municipal. O vice-presidente da Casa ainda parabenizou o prefeito Moisés pela obras inauguradas no aniversário da cidade e o cumprimento de seus compromissos com a zona rural do município.

O vereador Nasci da Ótica/PSD, que também representa a zona rural, não fez comentário sobre as gravações do ex-prefeito, o qual votou pela aprovação da contas de 2011. Parabenizou a cidade pelos 69 anos e questionou o suposto sumiço de um projeto de lei que repassava cerca de R$ 37,5 mil para a FAT (Federação de Automobilismo do Tocantins) realizar os eventos MotoCross, fuscacross, gaiolacross e vaquejada.

Em sua fala, o vereador Cirilo Douglas/PRP, informou que o deputado Júnior Evangelista endereçou emenda parlamentar de R$ 175 mil para a FAT realizar esses eventos.

O secretário da mesa diretora, vereador Branquinho do Araras/PT, se reservou em homenagear a cidade pelo aniversário, com a participação da comitiva do Governo do Estado e falou sobre a sessão solene realizada dia 23 último quando a APAE contou suas história ao comemorar a "Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2017".

TRIBUNA LIVRE

APAE - Na primeira sessão da noite, a fundadora e diretora da APAE de Miracema, Marlena Alcântara, fez uma explanação sobre o histórico e as ações da instituição, solicitou que os vereadores e a população visitem mais a APAE e procurem colabora de alguma forma, justificando que os convênios não suprem as necessidades e por fim lamentou não poder ainda ter tido audiência com o prefeito Moisés Costa, “Nesses mais de 20 anos, nunca me senti tão humilhada em não ser recebida por um prefeito”, lamentou.

ACIAM – Por sua vez, já na Tribuna Livre da segunda sessão, o presidente da ACIAM, Pedro Quixabeira, diz-se solidário com a Marlena, “Porque eu também não consegui ainda uma audiência com ele” e amenizou, “então sei agora que não é por minha causa”. Quixabeira distribuiu pasta documental, demonstrando ações e intervenções da instituição e explicou a polêmica gerada pelo sorteio da ACIAM. No final ficou decidido pela direção da instituição que, aprovado o recurso de R$ 10 mil solicitados ao Executivo, a ACIAM resgata os R$ 3 mil devidos da premiação e doa os E$ 7 mil restantes para a APAE.

PROPOSITURAS

Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei do Executivo Municipal nº 030/2017 que prorroga o prazo do Programa de Recuperação Fiscal do Município (REFIS).

Já o PL º 031, que cria cargos de psicólogo, pedagogo, assistente social, orientador social e cuidador social no PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) no quadro geral do Executivo. Foi remetido às Comissões afins, atendendo questionamento do vereador Dr. Ricardo, apoiado pelo vereador Cirilo Douglas. Na oportunidade Natan Fontes defendeu que a urgência se devia á pagamentos dos funcionários que já atuavam nas funções.

Também foram aprovados os requerimentos:
Nº 282 – Adilson do Correntinho – Requer ampliação dos banheiros, instalação de novas portas e barras de acessibilidade da Casa do Idoso.
Nº 283 – Dr. Ricardo – Requer a construção do Heliporto (Para pouso de helicópteros) próximo ao Hospital.
Nº 284 – Núbio Gomes – Requer ajuda de custo de R$ 8 mil para tratamento de saúde de um munícipe.
Nº 285 – Pedro da Farmácia – Requer um Balanço da Praia Mirassol e do Miracaxi.
Nº 285 – Branquinho do Araras – Requer a preservação do Ipês da Avenida Salvador Nolêto.

Notícias relacionadas